Pesquisa
Home
Modificar tamanho de letra:

Erros comuns comprometem a coleta e são cometidos pelos cidadãos que acham que estão colaborando com a destinação correta do lixo

 

Na prática, nem sempre é uma tarefa fácil decidir o que vai para o "Lixo que não é lixo" e o que pode ser encaminhado para o aterro sanitário. Surgem dúvidas corriqueiras. É preciso lavar as embalagens? Se o papel molhou ele não pode ser reciclado? As confusões acabam levando à separação incorreta e representam custos adicionais. Em Getúlio Vargas, das 200 toneladas coletadas mensalmente pelos caminhões da coleta seletiva, somente 30% são encaminhadas para a reciclagem devido a separação incorreta feita por alguns cidadãos.

O erro mais comum é misturar materiais sujos, que inviabilizam o reaproveitamento de outros produtos, contam as técnicas da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, Aline Cuiava e Sara Graciola. "Por exemplo, se você separar  uma garrafa PET com resto de  refrigerante, este líquido pode escorrer e sujar o papel seco que estava na sacola” comentam.

Mas daí vem a pergunta: é preciso lavar as embalagens? Segundo elas, não, necessariamente. No caso de garrafas e caixas de leite, por exemplo, basta virá-las e deixar escorrer o conteúdo antes de colocar na sacola. Usar água potável para limpar vasilhas destinadas à reciclagem é uma atitude controversa. Na maioria dos casos, representa desperdício de um recurso tão vital e caro. O ideal é que a água de reuso – como aquela que sai da máquina de lavar roupas – seja destinada para limpar embalagens, como frascos de molho de tomate.

O problema se concentra na separação dos resíduos sólidos. Restos de produtos orgânicos nas embalagens ainda geram odor forte e atraem insetos. A nata azedou e o morador, levando em consideração apenas que o pote é de plástico, coloca a embalagem entre os recicláveis. Para fazer certo, é preciso esvaziar o frasco primeiro.

Muitas vezes, no afã de se livrar do lixo, a pessoa não leva em consideração se é dia de coleta seletiva ou de recolhimento de lixo convencional e coloca em frente ao portão uma sacola com todo o tipo de resíduos misturados. Os coletores do lixo que não é lixo são instruídos a não recolher a sacola caso identifiquem a presença de material orgânico.

 

Dicas

Veja como é fácil separar corretamente o lixo:

- Para afastar insetos, deixe o lixo armazenado em um recipiente fechado. É importante tampar a garrafa PET.

- Vidros quebrados, lâminas de barbear e outros materiais cortantes ou perfurantes devem ser colocados dentro de caixas ou enrolados em folha de jornal, para não ferir os coletores.

- A caneta estourou? Não coloque no lixo a ser reciclado. Mas quando a tinta acaba, basta separar as partes, jogar o tubo de tinta no lixo convencional e o plástico no reciclável.

- Papel sujo não pode ser reciclado. Mas papel apenas molhado, pode. Então, se o lixo que você colocar em frente de casa tomar chuva, não há problema.

- Não adianta mandar roupas no lixo que não é lixo achando que elas serão doadas ou reaproveitadas. Além de não serem recicladas, as roupas acabam sendo levadas para o aterro.

- Nem todo vidro é reciclável. O caminhão não leva vidro de janela nem lâmpadas (que são consideradas tóxicas). Também latas de tinta não devem ser colocadas entre os materiais a serem reciclados. Caixa de pizza sem gordura pode ser reaproveitada, mas se o queijo grudou ou a gordura escorreu, coloque no lixo convencional.

 

Materiais recicláveis:

Papéis: todos os tipos são recicláveis, inclusive caixas do tipo longa-vida e de papelão. Não recicle papel com material orgânico, como caixas de pizza cheias de gordura, pontas de cigarro, fitas adesivas, fotografias, papéis sanitários e papel-carbono.

Plásticos: 90% do lixo produzido no mundo são à base de plástico. Por isso, esse material merece uma atenção especial. Recicle sacos de supermercados, garrafas de refrigerante (pet), tampinhas e até brinquedos quebrados.

Vidros: quando limpos e secos, todos são recicláveis, exceto lâmpadas, cristais, espelhos, vidros de automóveis ou temperados, cerâmica e porcelana.

Metais: além de todos os tipos de latas de alumínio, é possível reciclar tampinhas, pregos e parafusos. Atenção: clipes, grampos, canos e esponjas de aço devem ficar de fora, latas de tinta ou com qualquer outro material contaminado devem ser encaminhados ao local de compra novamente.

 

CURIOSIDADES:

A reciclagem de uma única lata de alumínio economiza energia suficiente para manter uma TV ligada durante três horas.

Cerca de 100 mil pessoas no Brasil vivem exclusivamente de coletar latas de alumínio e recebem em média três salários mínimos mensais, segundo a Associação Brasileira do Alumínio.

Uma tonelada de papel reciclado economiza 10mil litros de água e evita o corte de 17 árvores adultas.

Cada 100 toneladas de plástico reciclado economizam 1 tonelada de petróleo.

Um quilo de vidro quebrado faz 1kg de vidro novo e pode ser infinitamente reciclado.

O lacre da latinha não vale mais e não deve ser vendido separadamente. As empresas reciclam a lata com ou sem o lacre. Isso porque o anel é pequeno e pode se perder durante o transporte.

Para produzir 1 tonelada de papel é preciso 100 mil litros de água e 5 mil KW de energia. Para produzir a mesma quantidade de papel reciclado, são usados apenas 2 mil litros de água e 50% da energia.

 

ATENÇÃO PARA OS DIAS DE RECOLHIMENTO DO LIXO

 

 
Modificar tamanho de letra:

Presidente, vice e secretária foram reeleitos e permanecem nos cargos

O Conselho Municipal da Cultura reconduziu a atual Diretoria para mais uma gestão - 2016/2017. Permanecem nos cargos o Presidente Rogerio Plucinski, a Vice-Presidente Jordana Calcing e a Secretária Janete Jevinski. A eleição, por aclamação, foi realizada durante reunião do Conselho realizada no dia 13 de junho, no Centro Municipal da Cultura.

Participou da eleição e posse a Secretária Municipal de Educação, Cultura e Desporto, Sandra Betiatto, que comentou que o Conselho tem grandes desafios em virtude da implantação do Sistema Municipal da Cultura. Neste ano também será realizada a Conferência Municipal da Cultura, momento em que serão elencandos os anseios da comunidade getuliense para a construção do Planejamento Decenal a ser desenvolvido em conjunto com o órgão gestor (SMECD). Outro desafio também, segundo Sandra, é de atrair sempre um público maior para participar das ações culturais.

Na reunião foram repassadas aos conselheiros as competências do Conselho. Entre elas: propor e fiscalizar ações e políticas públicas de desenvolvimento da cultura a partir de iniciativas governamentais e/ou em parceria com agentes privados, sempre na preservação do interesse público; promover e incentivar estudos, eventos, atividades permanentes e pesquisas na área da cultura; contribuir na definição da política cultural a ser implementada pela Administração Pública Municipal, ouvida a população organizada; propor e analisar políticas de geração, captação e alocação de recursos para o setor cultural; colaborar na articulação das ações entre organismos públicos e privados da área da cultura; emitir e analisar pareceres sobre questões técnico-culturais; acompanhar, avaliar e fiscalizar as ações culturais desenvolvidas no Município; estudar e sugerir medidas que visem à expansão e ao aperfeiçoamento das atividades e investimentos realizados pela Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Desporto; incentivar a permanente atualização do cadastro das entidades culturais do Município; avaliar e selecionar os projetos a serem apoiados, bem como fixar o valor limite por projeto a ser apoiado.

Antes do encerramento, foi definida a data do próximo edital para encaminhamento de projetos ao Fundo Municipal da Cultura (FUMC): de 17 junho a 17 de julho.

 

Atuais Conselheiros 2016 e 2017

PODER EXECUTIVO

GABINETE DO PREFEITO

TITULAR – Andreza Soccol

SUPLENTE –  Nádia Müller

SECRETARIA MUNICIPAL DA FAZENDA

TITULAR –  Mário Alcir Tyburski

SUPLENTE  -  Marisa P. Wichnovski

SECRETARIA MUNCIPAL DE EDUCAÇÃO

TITULAR  - Mariele Zawieruka Bressan

SUPLENTE – Déborah Luiza Müller

DEPARTAMENTO CULTURAL

TITULAR – Janete Jevinski

SUPLENTE –Rosana Bertella

ENTIDADES

· Instituto Histórico e Geográfico de Getúlio Vargas

TITULAR – Neivo Angelo Fabris

SUPLENTE – Rosmari Krasuski Vanzo

· Ordem dos Músicos de Getúlio Vargas

TITULAR - Rogerio Plucinski

SUPLENTE – Arno Botke

· União das Associações dos Moradores de Bairros

TITULAR –  Ana P. Gaelzer

SUPLENTE – Marlei Turski

POPULAÇÃO ORGANIZADA

· Centro de Tradições Gaúchas (CTG Getúlio Vargas, CTG Tropilha Crioula, CTG Potro Xucro)

TITULAR – Cristiane B. França

SUPLENTE – Iracema Rauta

· Entidades Carnavalescas ( Escola de Samba Leões Dourados e Escola de Samba Império da Zona Norte)

TITULAR – Marciana Guimarães

SUPLENTE – Evandro Zil da Silva

· Atividades Literárias ( Sociedade Amigos da Biblioteca)

TITULAR - Andréia Vani

SUPLENTE - Sara Graciolla

· Organizações Não Governamentais ( ACCIAS, CDL, Lar da Menina, APAE, BRASPOL, ONG Getúlio Vargas Feliz Cidade)

TITULAR – Jordana Calcing

SUPLENTE – Rosilete Galina

 
Modificar tamanho de letra:

Via recebeu pavimentação asfáltica, colocação de redutores de velocidade e sinalização horizontal

 

Já estão concluídas as obras na Rua Pedro Toniolo que foi asfaltada em toda a sua extensão, colocados redutores de velocidade e feita a sinalização horizontal, através da pintura das faixas de segurança, das lombadas, linhas de divisão de pista e delimitação de estacionamento. A obra localizada no Bairro Santo André, orçada em R$ 474. 418,90, foi executada dentro do Projeto de Pavimentação Asfáltica de Vias Públicas do Município de Getúlio Vargas.

Com a chegada do asfalto a população ganha o benefício da melhoria da qualidade de vida, bem como ajuda ainda mais no tráfego de veículos e pedestres. A sinalização também é essencial à medida que garante melhor segurança aos condutores de veículos e pedestres, alertando sobre o tráfego, além de evitar situações de risco para a circulação de pessoas.

 
Modificar tamanho de letra:

O Governo Municipal,  através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e do Conselho Municipal de Desenvolvimento, realizou Audiência Pública para a escolha das demandas locais para a  Consulta Popular 2016/2017. O evento foi realizado na sexta-feira, dia 10 de junho, no Auditório da ACCIAS de Getúlio Vargas.

A Audiência foi coordenada pelo presidente do Comude - Conselho Municipal de Desenvolvimento -, Arlei Karpinski. Participaram do debate o Prefeito Pedro Paulo Prezzotto, o Vice-Prefeito Maurício Soligo, o Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico e Tesoureiro do Corede Norte Ademar José Rigon, representantes de entidades e organizações e a comunidade. Na ocasião foram discutidas e escolhidas as cinco demandas e prioridades do município para compor a cédula de votação da Consulta Popular das prioridades regionais, que foram votadas nesta quinta-feira, dia 16, em Erechim.

Quem esteve presente escolheu como prioridades para Getúlio Vargas, as seguintes demandas:

1.  Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia. Arranjos Produtivos Locais - APLs do Sindivest - valor de R$ 100 mil, criar banco do vestuário, aproveitar os resíduos das indústrias de confecções atráves de cursos e incentivos ao reaproveitamento destes resíduos.

2. Secretaria do Desenvolvimento Rural. Convênio com municípios para projetos de melhoria da infraestrutura para o acesso à internet e a telefonia no meio rural: aquisição de equipamentos para acesso à internet e à telefonia, computadores, antenas, roteadores, pequenas redes internas, etc, nas comunidades de Souza Ramos e Rio Toldo - valor de R$ 30 mil.

3. Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação. Promover  o melhoramento das condições das estradas rurais com ligação intermunicipal, através  de obras de cortes, aterros, drenagem,  pontilhões, bueiros, baseados em rpojetos com levantamento planialtimétrico, buscando melhores condições de logística para o escoamento de safras e locomoção dos produtores rurais, na região do Distrito do Rio Toldo - valor de R$ 50 mil.

4. Secretaria da Saúde. Qualificação e financiamento da Rede de Atenção, consolidando a reginalização da saúde. Aquisição de equipamentos para o Hospital São Roque de Getúlio Vargas, de Referência Regional - acima de 70 leitos. Valor de R$ 100 mil.

5. Secretaria de Turismo, Esporte e Lazer. Criação de sistemas de informações turísticas municipais e de plataformas digitais cujo objetivo é a gestão e monitoramento da atividade turística; Inventariação da oferta turística; Realização de estudo de competitividade turística; Aquisição de computadores, software de planilha eletrônica e estatístico para fins do monitoramento da atividade turística em Getúlio Vargas. Valor de R$ 200 mil.

Após, foi realizada a escolha do delegado, conforme o número de presentes, sendo eleito o empresário João Carlos Andrade, que participou da Assembleia-Geral do Corede Norte, nesta quinta-feira, 16, em Erechim, onde foram definidas as demandas que irão para a cédula de votação dos municípios que compõem o Corede Norte. Além do delegado, também tem voto como conselheiros o Prefeito Pedro Paulo Prezzotto, o Presidente do Comude Arlei Karpinski e o Tesoureiro do Corede Ademar Rigon.

Durante a Audiência Pública foi enfatizada a importância da votação nos dias 5, 6 e 7 de julho, pela internet, destacando que o maior número de votantes pode aumentar o valor do quoeficiente e conseguir maiores recursos.

 

COMO SERÁ A VOTAÇÃO DA CONSULTA POPULAR

Neste ano, os votos serão feitos de duas maneiras: pelo site e por um aplicativo disponível para representantes dos Coredes e dos Conselhos Municipais de Desenvolvimento (Comudes). A votação será nos dias 5, 6 e 7 de julho e, para votar, é necessário ter o número do título de eleitor em mãos.

A extinção da cédula de papel proporciona maior segurança e evita o desperdício de recursos. Sem a urna para papel, se gera uma economia e as pessoas não precisam ficar contando votos, pois é só transmitir os dados eletronicamente.

No aplicativo criado pela Procergs, que pode ser baixado em smartphones e tablets com sistemas Android e IOS, o representante poderá colher os votos da população. Ao final do dia de votação, com acesso à internet, ele transmitirá os dados. Dos 10 programas disponíveis para votação no aplicativo, o eleitor escolherá um como prioridade para sua região. O mesmo ocorrerá se o voto for feito pelo site da Consulta Popular.

Com as mudanças no sistema de votação, a Seplan também optou pela realização da votação durante três dias. Assim, a população tem mais tempo para votar pela internet ou presencialmente.

 
Modificar tamanho de letra:

Objetivo foi prestar contas à comunidade das ações executadas e dos recursos aplicados na área da saúde

Foi realizada, nesta quinta-feira, dia 9, às 9 horas, junto à Sala de Reuniões da Prefeitura de Getúlio Vargas, Audiência Pública com a finalidade de apresentar o Relatório de Avaliação do Cumprimento das Metas em Saúde - SUS e o Relatório de Gestão - MGS referentes ao 1º quadrimestre de 2016.

Na oportunidade, também foi apresentado o Relatório SARGSUS referente ao mesmo período. Convocada pela secretária de Saúde e atendendo as exigências legais, a audiência teve como objetivo prestar contas à comunidade das ações executadas e dos recursos aplicados na área de saúde.

O Governo Municipal aplicou, neste primeiro quadrimestre do ano de 2016, R$ 1.532.721,40 em ações e servíços públicos de saúde, representando a aplicação de um índice de 18,65% do orçamento do município.

 

 

 
Visitantes Online
Nós temos 46 visitantes online
Enquete
Na sua opinião a Administração Pública deve priorizar?